Noites de Verão

18:05


A noite chega e então a magia acontece. O céu pinta-se de negro e cobre-se de pequenos pontos cintilantes que pedem atenção. À minha volta, o vasto arvoredo envolve-me, sussurram os barulhos que nele se escondem para marcar a sua presença.
Sento-me na pedra quente pelo verão e deixo-me levar. O luar ilumina o que me envolve, nenhuma outra luz existe em redor. A lua mostra-me que está comigo, que irá sempre estar presente para que eu possa contemplar a beleza que o céu transmite.
As estrelas que cobrem todo o céu à minha volta continuam a brilhar e chamam por mim. O horizonte permanece uma incógnita, escondido pela noite. Só as estrelas se avistam com a sua beleza natural, sem se cansarem de brilhar enquanto permaneço a olha-las do meu cantinho nas escadas, onde reina a calma, o silêncio e os murmúrios da noite.
É então que um rasto de luz passa pelos meus olhos. Algo que desperta a atenção rasgando o negro da noite para iluminar o céu com a sua passagem.
E faz-me sonhar. Faz-me fechar os olhos para que possa suspirar de alívio, para que possa erguer a cabeça para contemplar o céu. Passou para deixar comigo toda a sua força, para me abraçar e me dizer: todas as outras estrelas vão estar sempre aqui, para quebrar o a escuridão da noite...




You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Follow by Email