Plenitude...

19:27

Quero voar para longe. Quero sentir o vento cortar a vista, a chuva a infiltrar-se na pele e fugir daqui.
Quero saltar lá do alto e esperar pela queda, na esperança de que nada seja o que foi, na esperança de mudar o passado e possuir um futuro melhor.
O passado é alterado a cada palavra dita e tudo se transforma em desilusão. A esperança de um futuro melhor parece desaparecer aos poucos a cada descoberta.
As facas que são espetadas no meu peito matam-me aos poucos e os sonhos vão desaparecendo. 
Aquilo que existiu corta cada cm dos meus pulmões e o ar extingue-se.
A dor consegue ser atenuada mas permanece tatuada cá dentro. Até que desaparece com o passar do tempo. Até que volta a manifestar-se. E desde logo uma nova dor aparece. Até que o meu fim se aproxima novamente.
Quero soltar as amarras do meu barco e navegar à deriva pelo meio do oceano. Quero encontrar uma ilha onde a plenitude espera pelo meu reinado.
E uma nova dor aparece.
Quero abrir as asas e cortar o vento, rasgar as nuvens e lá bem no alto, flutuar nas mesmas enquanto espero pela calma e serenidade.Quero nadar por entre os recifes e habitar no meio de uma anémona onde me possa abrigar e permanecer em sossego.Mas uma nova dor aparece, e leva-me à desilusão perante o que poderia ser a vida de sonho...

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Follow by Email