Continuas Viva

20:18


Vivo constantemente no passado. Toda a minha alma está tatuada permanentemente com a tua marca, aquela que insiste em fazer-me sentir nostálgica perante os tempos em que te encontravas ao meu lado.

         Deixaste-nos fisicamente há quase 5 anos, mas ainda hoje te procuro pelos diversos compartimentos da casa. Ainda hoje oiço a tua voz chamar por mim para que te leia os livros de que tanto gostavas, com a tristeza de já não conseguires lê-los, passando noites acordada, como fazias na tua juventude. Ainda hoje inspiro as músicas que me cantavas. Ainda hoje perfilho os conselhos que me deste, ensinando-me leis essenciais à vida. Ainda hoje…
     Toda a minha infância foi vivida com a tua presença. A criança inconsciente que tu educaste carinhosamente, mostrou ser cruel não te dando o devido valor. Oh desgraçada infantilidade!
         Atrevo-me a dizer que começaste a trabalhar para sobreviver assim que nasceste. Toda a tua vida foi passada a servir ricos e pobres em troca de um mero tostão. Sujeitas-te aos mais diversos e dolorosos trabalhos por amizades que consideravas família. Mesmo assim, nunca te vi a ser derrubada, encorajando-nos a todos com um sorriso enrugado e acolhedor, transmitindo-nos a tua força.
         Adorava que o mundo tivesse conhecido uma personalidade maravilhosa como a tua. Eras capaz de entender todas as minhas tormentas e acalmavas o meu ser. Eras o meu refúgio em momentos de desespero, a minha força durante as conquistas.
       Desejarei para sempre inverter a linha do tempo voltando atrás na história. Desejarei continuamente poder abraçar-te novamente, poder sentir o calor do teu colo e cantar para ti enquanto impedes que a solidão se apodere de mim. Tenho necessidade de te sentir, de te ouvir, de poder cuidar de ti dando-te o carinho que sempre mereceste. Mas o arrependimento não faz o tempo voltar atrás. Este arrependimento que mata lentamente não te vai trazer de volta para junto de mim.
       Mas algo me diz que não partiste totalmente. Sinto a tua presença a proteger-me durante o meu percurso de vida. Acredito que as forças que tenho são transmitidas por ti, assim como a coragem que arranjo todos os dias. Acredito que olhas por mim como sempre o fizeste, fazendo-me seguir o melhor caminho.
      Nunca foste nem nunca serás esquecida. Todos os que tiveram a oportunidade de te conhecer te admiram. Eu admiro-te, mais do que aquilo que se possa imaginar. És uma referência para mim e partilho contigo todas as minhas conquistas, as tristezas, os desabafos.
Anseio um dia ser como tu, ter a tua força e alegria. Anseio pelo momento em que estarei novamente em frente a ti, em que poderei novamente entrançar o teu longo e frágil cabelo, em que poderei sentar-me contigo em frente à lareira, fazendo a tua imaginação voar com as minhas leituras… Avó!

You Might Also Like

2 comentários

  1. Tanto pode ser a tua como a nossa, mas revi-me neste teu texto magnífico! E dei logo conta que de uma avó se tratava... e subscrevo todas estas tuas doces e suaves palavras!

    Relembrei assim um texto também dedicado à(s) avó(s) que aproveito para partilhar :)

    "Uma avó é uma mulher que não tem filhos: por isso gosta dos filhos dos outros.
    As avós não têm nada que fazer, é só estarem ali.
    Quando nos levam a passear, andam devagar e não pisam as folhas nem as lagartas.
    Nunca dizem "despacha-te". Normalmente são gordas, mas mesmo assim conseguem atar-nos os sapatos.
    Sabem sempre que a gente quer mais uma fatia de bolo, ou uma fatia maior.
    Uma avó de verdade nunca bate numa criança: zanga-se a rir.
    As avós usam óculos, e às vezes até conseguem tirar os dentes.
    Quando nos lêem histórias, nunca saltam bocados e não se importam de contar a mesma história várias vezes. As avós são as únicas grandes que têm sempre tempo.
    Não são fracas como elas dizem, apesar de morrerem mais vezes do que nós.
    Toda a gente deve fazer o possível por ter uma avó, sobretudo se não tiver televisão." :)

    PS. A minha mammy já é avó mas não é gorda! hehehe

    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  2. Que comentário bonito ! *.*
    Nem sei o que dizer !
    Obrigada ! :DD

    ResponderEliminar

Popular Posts

Like us on Facebook

Follow by Email