Amizades - I

01:59


Ao longo do meu período de vida sempre tive dificuldades em fazer novas amizades, em integrar-me em meios novos com pessoas novas. No entanto, as poucas amizades que tinha sempre me pareceram daquelas que se mantêm para a vida. Talvez achasse isto por ter poucos amigos, a verdade é que foram poucas (se até mesmo alguma) as que permaneceram até hoje.
Todos nós passamos por desilusões durante a vida, muitas que podiam mesmo ser controladas se não quiséssemos permanecer cegos sabendo dos erros que cometíamos.
É incrível a capacidade que certas pessoas têm para entrar na nossa vida, marcar-nos, para depois se revelarem os piores erros que já cometemos. Aqui surge o velho cliché de "é com os erros que se aprende" (que não deixa de ser verdade), mas sendo assim, até que ponto é saudável aprender quando uma parte de nós fica destruída? Até que ponto somos capazes de ultrapassar estes obstáculos quando aqueles que mais nos eram, aqueles que tratávamos como irmãos se revelam mostrando que só nos estavam a degradar?Esta gente orgulhosa que por muito que magoe os outros se eleva sempre acima deles, achando-se superior, não se dignando a um mero pedido de desculpas nem a uma tentativa de reconciliação nunca vai deixar de existir.Perdi muita gente ao longo dos meus curtos 18 anos. Gente importante, gente menos importante, gente que só enchia. Mas continuo a perguntar-me: "Qual foi o problema afinal?"A maior parte destas perdas vai sempre continuar uma incógnita, coisa que me irá atormentar sempre, pensando no porquê, na origem de tudo. Mas nunca vou conseguir entender.Na verdade, sinto penas de muitas amigos que perdi, amigos com quem fiz as primeiras descobertas, amigos com quem partilhei os meus primeiros segredos e brincadeiras de infância, as minhas primeiras loucuras de adolescente, as minhas primeiras dúvidas, com quem tive as primeiras conversas sobre temas que a maioria temia na altura... Uma amiga que continuava a ser a minha melhor mesmo depois de andarmos a porrada por um caixote de frigorífico; Um amigo com quem tive conversas que nos fizeram entender os corpos dos rapazes e das raparigas, coisa que era raro falar com um rapaz na altura. Esse rapaz mudou de escola, tornou-se noutra pessoa e quase me vira a cara quando passa na rua. Outra das minhas melhores amigas saiu da minha vida sem eu mesmo saber porque, quisemos mesmo bater uma na outra e tentámos até mesmo fazê-lo. Essas são algumas das amizades que marcaram a minha vida, a minha infância, a minha adolescência, das quais tenho saudades e que me entristecem a cada momento...No entanto, muitas outras perdi, mas dessas não vou nem falar, pois só mostraram que a falta que me faziam era... Nenhuma... São essas as amizades que me fazem sentir bem por tê-las perdido, pois sinto-me muito melhor assim, em ambientes novos, muito mais saudáveis. Essas amizades fizeram-me abrir os olhos, dar importância aos que realmente merecem, aqueles que nos conseguem surpreender por nunca terem estado ao nosso lado e no fim se revelarem as melhores pessoas que conhecemos, fazendo-nos entender o verdadeiro valor da amizade. Mas isso... fica para a próxima...

You Might Also Like

4 comentários

  1. Sem dúvida, há pessoas que saem da nossa vida e nem damos conta, sendo um quebra cabeças entender o porquê! As amizades são das coisas mais importantes da vida de qualquer humano, e sem elas perdemo-nos, mas o importante agora é estás numa fase boa e é sempre a escachar, a universidade espera-nos e vai ser brutal :D

    ResponderEliminar
  2. Uma fase boa graças a pessoas espetaculares ! (Sabes bem ! ;))

    Bora escachar o Verão! :D

    ResponderEliminar
  3. Gostavas que um dia me contasses essas amizades que perdeste, porque não consegui identificar ninguém. No entanto, este texto também me fez pensar da mesma maneira que tu e pensar nas pessoas que saíram da minha vida. Felizmente, as mais importantes, permanecem. As que saíram, pouco ou nada me diziam.

    ResponderEliminar
  4. Claro que conto Inês, vais ver que depressa chegas la :)e so dizeres ja sabes ! :)
    As que saíram fizeram-me ganhar experiência e aprender muita coisa :)

    ResponderEliminar

Popular Posts

Like us on Facebook

Follow by Email